Madeira criou a segurança que os viajantes procuram

Felicito a Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo pela realização do seu 46.º Congresso anual, em Aveiro, o qual sucede ao que decorreu no Funchal, em 2019. Que seja profícuo, tal como o foi na Madeira, e que permita um grande contributo como é apanágio destes encontros.

Temos com a APAVT uma relação forte, cimentada pelos anos. Este percurso que trilhámos, e continuamos a caminhar juntos, tem proporcionado condições para o desenvolvimento de uma verdadeira parceria de interesse relevante.

Em 2020 demos um novo passo com a Madeira a ser escolhida como “Destino preferido” da APAVT. Este ano, voltamos a sê-lo. Facto único na história da Associação, a atribuição em causa em dois anos consecutivos, permitindo à Madeira tamanha distinção.

Relevo, também, a realização de projetos conjuntos como o ‘Madeira Specialist’, que tem na sua matriz divulgar cada vez mais e melhor o destino Madeira junto dos agentes de viagens.

Tudo isto tem permitido que a Madeira seja palco do fomento de muitas ideias, do desenvolvimento de vários projetos e contributos relevantes para todo o setor.

Este relacionamento estreito com a APAVT, assim como com as agências de viagens e com os operadores turísticos nacionais, têm permitido resultados concretos. Na realidade, desde 2015, o mercado nacional tem registado continuamente incremento nos seus fluxos turísticos. Este ano, de superação da pandemia, não foi exceção. Os portugueses continentais responderam às propostas lançadas e marcaram presença expressiva de férias na Madeira e no Porto Santo. No caso concreto da Madeira, em agosto, o mercado nacional representou cerca de 30% do nosso turismo.

A procura não se esgotou no verão. Os operadores nacionais há muito que programaram a passagem do ano de 2021 na Madeira, cujas previsões apontam para mais um momento muito importante na senda da recuperação.

Estamos a concluir mais um ano e a assistir à dinamização do setor do turismo depois de ter sido o mais, fortemente, afetado pela pandemia. A Madeira afirma-se neste crescimento. Tudo fez para que assim esteja a acontecer, com um profundo envolvimento de todo o setor.

Privilegiámos os cuidados de saúde. A Região tomou medidas, desde a primeira hora, no início de 2020, que visaram o reforço da confiança no destino, procurando que estivéssemos sempre na linha da frente na escolha dos viajantes para as suas férias.

Empreendemos um trabalho contínuo com o setor, onde sobressaiu o inovador Manual de Boas Práticas que desenvolvemos, as certificações de Boas Práticas contra os Riscos Biológicos, que implementamos em empresas e entidades privadas e na esfera pública, e o modelo de gestão de entradas nos aeroportos da Madeira e do Porto Santo.

Importante foi, também, o diálogo que mantivemos com os operadores, que sempre confiaram redobradamente no destino, e a cooperação e trabalho realizado em conjunto, e de forma permanente, com a ANA – Aeroportos de Portugal.

A comunicação foi igualmente eficaz, contribuindo para que os turistas soubessem e sentissem que somos um Destino Seguro. A Madeira criou a segurança que os viajantes procuram e confiam.

Relevante foi ainda o lançamento, em abril deste ano, da nova Marca Madeira, que pretendeu despoletar um sentimento único e ser capaz de transmitir o nosso propósito: Fazer com que cada pessoa sinta que pertence aqui! Unifica os residentes e quem nos visita em torno de uma perceção comum e daquilo que nos propomos com este “Madeira. Tão tua!” que, em conjunto com o novo logótipo, dá vida à nova identidade do destino.

Estamos cientes de que o nosso trabalho e de todo o setor do turismo, se antes absorvia uma dedicação contínua, com a pandemia, passou a exigir ainda mais para mantermos a preferência dos mercados tradicionais e captarmos os mercados emergentes, conseguindo, também, chegar a diferentes faixas etárias, dando continuidade à realidade que a pandemia acelerou.

Em resumo, o destino depende da atitude dos seus agentes e a comunicação, e a quantidade desta, fez toda a diferença na afirmação das propostas comuns que muito contribuíram no todo na vitalidade.

Eduardo Jesus
Secretário Regional de Turismo e Cultura
Presidente da Associação de Promoção da Madeira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here