Paradores e cidades Património de Espanha promovem-se em Lisboa

0
547

Os Paradores, rede hoteleira espanhola, que conta atualmente com 96 unidades em Espanha e uma mais recente em Portugal, a primeira a marcar a internacionalização da marca, está a investir fortemente nos segmentos de Meetings & Incentives (MI) e na restauração, esta última a representar já 50% do volume de faturação da rede.

Juan González Álvarez, sales manager dos Paradores, afirmou esta quinta- feira, em Lisboa, durante uma apresentação que ocorreu na Embaixada de Espanha, que para o segmento MI contam já com “27 Paradores equipados e preparados para receberem todo o tipo de eventos”. Para isso criaram um departamento de ‘event planners’ capaz de adaptar as diversas infraestruturas aos mais variados eventos.

O responsável destacou ainda terem disponíveis mais de 40 rotas que se podem comprar em pacotes para qualquer um dos Paradores da rede, localizados em “lugares únicos e diferenciados”.

Quanto à restauração, Juan González Álvarez mostrou-se muito satisfeito com a importância deste segmento para os Paradores “50% do volume de negócios já é proveniente da restauração”, adiantou, explicando que esta vertente apresenta-se sob três segmentos: tradicional, gourmet e simples.

A Casa da Ínsua, localizada em Penalva do Castelo, no distrito de Viseu, passou a integrar a rede dos paradores no passado dia 15 de outubro, perante um acordo de franchising assinado por dez anos com o Grupo Visabeira, detentor da unidade de cinco estrelas. Tornou-se assim na primeira unidade dos Paradores fora de Espanha.

Durante a cerimónia decorreu ainda uma apresentação feita pela associação Ciudades Patrimonio de la Humanidade que deu a conhecer aos presentes a sua oferta.

Ángel Rosado Martínez, presidente da associação, que foi criada em 1993, apresentou as 15 cidades classificadas pela Unesco em Espanha e todas as suas particularidades. São elas Ávila, Alcalá de Henares, Baeza, Cáceres, Córdoba, Cuenca, Ibiza, Mérida, Salamanca, San Cristóbal de La Laguna, Santiago de Compostela, Segovia, Tarragona, Toledo e Úbeda.

De entre estas 15 cidades, 11 contam com Paradores na sua oferta hoteleira e Ángel Rosado Martínez garante que os turistas portugueses têm “muita importância para o turismo destas cidades”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here