Segunda-feira, Dezembro 11, 2017
Tags Post com a tag "África"

África

0

A Brussels Airlines celebra este verão, 15 anos a voar para o continente africano. Durante este tempo, mais de 8 milhões de passageiros viajaram com a Brussels Airlines entre o aeroporto de Bruxelas e os 17 destinos subsaarianos.

Este verão marca o 15º aniversário do primeiro voo da Brussels Airlines para Kinshasa. Logo após a criação da companhia aérea, a Brussels Airlines iniciou a sua operação para África, continuando assim a longa presença da aviação belga no continente. Em 2002, a rede africana consistia em 13 destinos que foram abertos durante a primavera e o verão: Kinshasa, Dakar, Banjul, Conacri, Monróvia, Douala, Yaoundé, Kigali, Entebbe, Nairobi, Abidjan, Luanda e Freetown. Estes destinos eram operados por 3 aeronaves de longo curso, operando 38 voos por semana. Quinze anos depois, a oferta africana da Brussels Airlines é composta por 82 voos por semana para 17 destinos.

Atualmente a operar com 7 aeronaves, a rede de destinos para este continente foi alargada a Bujumbura, Cotonou, Acra e Ouagadougou.

0

A Soltrópico acaba de lançar a sua programação para Guiné Bissau – Arquipélago de Bijagós, com partidas às sextas-feiras de Lisboa, a operação inicia a 31 de março e termina a 20 de outubro 2017.

O pacote de cinco noites com partida de Lisboa tem um preço desde de 1419 euros, em regime de pensão completa, no Hotel Ecolodge Ponta Anchada, unidade hoteleira de quatro estrelas.

Inclui passagem aérea em voos EuroAtlantic Lisboa / Bissau / Lisboa, em classe U, com direito a 2 PC de bagagem, 5 noites no Arquipélago das Bijagós, nos hotéis mencionados e regime indicado, transfers aéreo e de barco, seguro de viagem Soltrópico Global, Taxas de aeroporto, combustível e segurança (384€ – sujeito a alterações até à data da emissão).

0

A partir do dia 1 de dezembro, a TAP retoma os voos regulares para a Guiné-Bissau. A inclusão de Bissau na rede de destinos da TAP vem reforçar o posicionamento da companhia portuguesa no continente africano, onde dispõe de forte presença, e consolida a orientação da transportadora, que considera África um dos seus mercados estratégicos. 

Os voos vão realizar-se às quintas-feiras e sábados, no sentido Lisboa/Bissau, com partida às 21:50 e chegada às 02:00. No regresso, os voos partem de Bissau todas as sextas-feiras e domingos, pelas 02:50, chegando a Lisboa às 06:00. 

Com a abertura de voos para Bissau, a TAP passa a servir um total de 14 destinos em África, e de acordo com os indicadores de tráfego recentes, são evidentes os sinais positivos resultantes da sua aposta contínua neste continente.

 

0

A TAP foi eleita Companhia Aérea Europeia Líder para África e Companhia Aérea Europeia Líder para a América do Sul e a sua revista de bordo, a UP, arrecadou o troféu de Revista de Bordo Líder na Europa nos World Travel Awards (WTA), considerados os “Óscares” do turismo mundial, cuja cerimónia se realizou este domingo na Sardenha, Itália.

“Esta distinção traduz o reconhecimento do trabalho que a nova TAP tem vindo a fazer. O desenvolvimento de uma Companhia cada vez mais moderna, mais eficiente e competitiva, atenta às necessidades dos seus Clientes e fortemente comprometida em servir os mercados onde opera. É uma companhia de que todos nos orgulhamos, e que tem hoje melhores condições para competir e expandir-se e para se afirmar cada vez mais como uma companhia aérea de referência a nível mundial, à altura das expectativas tanto dos nossos Clientes como de todos nós na empresa”, disse Fernando Pinto, presidente executivo da TAP.

Numa noite em que o turismo português subiu ao palco para receber vários prémios, a UP foi eleita pela segunda  vez consecutiva a Revista de Bordo Líder na Europa.

Nomeada entre algumas das mais conhecidas transportadoras, a TAP foi eleita através de um processo de votação online, maioritariamente por profissionais da área de Turismo e Viagens, designadamente agentes de viagens, operadores e organizações de turismo, oriundos de mais de 100 países, bem como pelo público em geral.

Atribuídos desde 1993, os World Travel Awards foram instituídos com o objetivo de reconhecer, premiar e celebrar a excelência em todos os sectores de atividade da indústria global de viagens e turismo.

Estes troféus juntam-se agora aos já conquistados em edições anteriores. A TAP foi eleita pelos World Travel Awards como Companhia Aérea da Europa  Líder para África e Companhia Aérea da Europa Líder para a América do Sul em 2015 e em 2014 – e Revista de Bordo Líder na Europa (2015) -, Companhia Aérea Líder Mundial para África em 2011 e 2012  e detém igualmente o título de Companhia Aérea Líder Mundial para a América do Sul, em 2009, 2010, 2011 e 2012.

Os prémios World Travel Awards resultam de uma pré-seleção de nomeados, realizada por um painel de profissionais de topo a nível mundial da indústria das viagens e turismo e a escolha dos vencedores em cada uma das categorias é feita por votação online.

0

A TAP vai retomar a sua operação de voos para Bissau a partir do dia 1 de dezembro deste ano, passando a ligar Portugal à capital da Guiné-Bissau com duas frequências semanais. A inclusão de Bissau na Rede da transportadora aérea nacional vem reforçar o seu posicionamento no continente africano, onde dispõe de forte presença, e insere-se no âmbito da orientação prosseguida, que considera África um dos seus mercados estratégicos.

Nesta linha, a TAP tem vindo a reforçar sistematicamente a sua oferta para África ao longo do presente Verão IATA, com o crescimento de frequências face ao período homólogo do ano passado, designadamente para Marrocos, mercado em que duplicou o número de frequências semanais para Casablanca, passando para 14, e acrescentou três frequências por semana para Marraquexe e mais duas para Tânger.

Os voos  para a Guiné-Bissau vão realizar-se às quintas-feiras e sábados, no sentido Lisboa / Bissau, com partida às 21:50 e chegada às 02:00. No regresso, os voos saem de Bissau todas as sextas-feiras e domingos, pelas 02:50, chegando a Lisboa às 06:00.

Com a abertura de voos para Bissau, a TAP passa a servir um total de 14 destinos em África, e de acordo com os indicadores de tráfego disponíveis são evidentes os sinais positivos resultantes da sua aposta contínua nesse mercado, com o aumento de 6% no número de passageiros transportados no último mês de Julho.

No âmbito do reforço das suas ligações ao continente africano, a TAP tem também já programado o reforço da sua oferta para o próximo Inverno, nomeadamente para as cidades da Praia, Sal e São Vicente, em Cabo Verde, que terão, no total, um aumento de oito frequências por semana, face ao período homólogo do ano passado. Igualmente Dakar, no Senegal, terá crescimento da oferta com mais três frequências semanais e São Tomé mais uma frequência por semana.

 

0

A Guiné poderá ser o próximo destino da sonhando. José Manuel Antunes, diretor-geral do tour operador, afirmou, à Viajar, à margem do “Road Show Cuba”, que terminou em Lisboa no dia 7 de abril, que está a analisar esta opção dado a euroAtlantic ser a principal acionista da Sonhando e contar com este destino na sua rede de rotas duas vezes por semana. “Estamos apenas a aguardar garantias por parte de locais”, disse o responsável.