TAP pretende reforçar Angola com mais frequências em 2019

TAP pretende reforçar Angola com mais frequências em 2019

0

A TAP tenciona aumentar o número de voos semanais entre Portugal e Angola, em mais dois ou três, ao que tudo indica antes do próximo verão. A notícia foi avançada pelo presidente executivo da companhia, Antonoaldo Neves, esta quinta-feira, dia 13 de dezembro, no anual almoço de Natal com a comunicação social.

“Vamos aumentar as frequências para Angola, entre duas e três frequências, não está ainda definido. Estamos a receber os aviões e o anúncio do reforço de frequências vem junto com a confirmação de aeronaves. A data indicativa é antes do Verão, para que no Verão já tenha mais frequências”, afirmou Antonoaldo Neves, embora frisando que é meramente “indicativo”.

No que respeita à transferência de divisas retidas no país pelo governo angolano, Antonoaldo Neves garantiu que já conseguiram recuperar “quase 70% dos recursos” e garantiu que isso “deu um conforto muito grande de que operamos num país onde a repatriação é um processo normal”.

Para o empresário, esta é hoje “uma operação totalmente normal, quando no passado não havia autorização na frequência que há este ano para repatriar os recursos que são necessários para pagar todos os investimentos que temos aqui”.

No entanto, a aposta da TAP em África não recai apenas em Angola. Antonoaldo Neves assegurou que é intenção da companhia voltar a voar para a África do Sul, embora não ainda em 2019.

“A TAP tem intenção de voltar à África do Sul, mas não vai ser no ano que vem, não está no nosso plano de destino. Mas falei aqui hoje de 40 destinos que mapeámos e a África do Sul é um deles”, referiu.

No que respeita ao médio curso, o gestor adiantou que poderão surgir novidades no próximo ano para o continente africano.

Quanto a voos de longo curso, São Francisco, Chicago, Washington e Telavive serão os únicos a serem lançados em 2019 pela TAP, garantiu o responsável.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply