Quinta-feira, Dezembro 13, 2018
Tags Post com a tag "Jorge Rebelo de Almeida"

Jorge Rebelo de Almeida

0

“Um sonho antigo” que Jorge Rebelo de Almeida vê agora realizado. Foi assim que o hoteleiro definiu o projeto que inaugurou este fim de semana, mais propriamente no dia 12 de maio, o Vila Galé Sintra – Resort Hotel, Conference & Revival Spa, resultante de um investimento de 25 milhões de euros. O segundo hotel de cinco estrelas que o grupo abre em Portugal e que contou com a presença do Primeiro-ministro, António Costa, também munícipe do concelho de Sintra, a presidir à inauguração.

Jorge Rebelo de Almeida afirmou, durante o seu discurso na sessão de inauguração, que este novo hotel vai “respirar Sintra por todos os lados”, sobretudo devido à decoração ser inspirada nos mitos e lendas desta majestosa vila, Património da Humanidade pela UNESCO, e depois pela parceria estabelecida com a clínicas Cintramédica, na área da saúde e bem-estar, vertente a que o hotel se vai dedicar.

Para o hoteleiro “a seguir ao Turismo, a Saúde é uma área que pode crescer muito em Portugal” e daí o seu “sonho antigo” e aposta neste segmento.

O responsável evidencia que o nosso “turismo atravessa uma fase boa, mas nada é definitivo” e alerta que é necessário “continuar a apostar em melhorar a nossa oferta turística em termos de instalações, melhorar mais ainda a formação profissional para valorizarmos a nossa oferta”, até porque “se nós não formos um país interessante, os turistas não vêm aqui só para ver turismo, nem para ver belezas naturais”.

António Costa aproveitou a ocasião desmistificar a “ideia errada” de que “há Turismo a mais em Portugal”. O governante defende que “a ideia de que há turismo a mais é uma ideia errada. A resposta não é proibir o turismo. É diversificar a oferta. É mesmo necessário continuar a investir no Turismo”.

Para o Primeiro-ministro não é, seguramente, por acaso que nos últimos dois anos abriram 112 novos hotéis e este ano se prevê a abertura de mais 61 novos hotéis”.

António Costa deixou ainda claro que não se pode pensar neste bom momento turístico de Portugal como “uma moda passageira” e de que beneficiamos dos “problemas de outros destinos europeus”. Segundo o governante “esta não é uma ideia verdadeira porque o turismo que mais tem crescido em Portugal não é o turismo alternativo às praias que deixaram de ser utilizadas no Médio Oriente. O que mais tem crescido tem sido o turismo de cidade, o turismo de natureza, que não é beneficiário da insegurança no resto do mundo. Tem crescido, mas por mérito próprio”.

 Para finalizar, António Costa não deixou de tocar naquele que é o assunto mais delicado do Turismo em Portugal: o novo aeroporto de Lisboa. “Hoje, creio, há um novo consenso nacional, arrependidos de não ter feito a tempo e horas aquilo que hoje já estamos numa luta para tentar recuperar, que é o país ter um novo aeroporto internacional com capacidade de dar resposta àquilo que é a oferta do turismo no nosso país”, considerou.

 

Artigos relacionados:

Vila Galé Sintra inaugurado a pensar na saúde e bem-estar dos seus hóspedes

Inauguração do Vila Galé Sintra em imagens

0

O Grupo Vila Galé inaugurou este sábado, 12 de maio, o seu segundo hotel de cinco estrelas em Portugal, o Vila Galé Sintra – Resort Hotel, Conference & Revival Spa, um projeto que resultou do investimento de 25 milhões de euros e que está intimamente ligado ao Turismo Médico e à vertente de wellness, pensado para famílias e proporcionando uma experiência assente em seis pilares: Food, Fitness, Relax, Mind & Body, Medical, Fun.

Posicionando-se como um healthy lifestyle hotel, aqui, o grande objetivo é promover um estilo de vida saudável, conjugando cuidados médicos, alimentação equilibrada, saúde física e mental, a prática de exercício físico e terapias holísticas.

Para começar a unidade disponibiliza tratamentos com programas para deixar de fumar, pós-parto, anti-aging, anti-stress, detox, perda de peso e outros direcionados para crianças ou mais personalizados.

Todos os programas têm uma duração mínima de três dias, mas podem ser prolongados por uma ou duas semanas, um mês ou mais tempo. E são constantemente acompanhadas por equipas multidisciplinares de profissionais experientes e qualificados como personal trainers, nutricionistas, médicos, psicólogos e terapeutas.

Adicionalmente, são disponibilizados vários serviços médicos em parceria com a Cintramédica, que assegurará consultas de especialidades médicas e/ou terapêuticas, tais como Medicina Geral e Familiar, Dermatologia ou Psicologia, bem como análises clínicas e cuidados de enfermagem.

Já a oferta de terapias holísticas integra diferentes massagens (ayurvédicas, indian head massage, watsu, entre outras), aconselhamento em medicina tradicional indiana, reikiterapia, yoga (individual, para grávidas, para crianças, para casais, para seniores) ou meditação.

Para já conta com dois gabinetes médicos a funcionar, um de enfermagem e outro de nitricionismo, apesar de contar com um total de 14 gabinetes e que, em breve, virão a ser ocupados, com outros tipos de especialidades e terapias. Por outro lado, são várias as salas de massagens que disponibiliza, assim como um ginásio totalmente equipado, sala de aulas de grupo, duas piscinas interiores (uma das quais para crianças), duas grandes exteriores e uma outra mais pequena a pensar nos mais novos.

Quanto às propostas gastronómicas, o Vila Galé Sintra – Resort Hotel, Conference & Revival Spa conta com dois restaurantes: o Versátil, onde é servido um buffet de baixo teor calórico e o Inevitável, à la carte, com sugestões gourmet light. Ambos estão abertos também ao público externo ao hotel.

Nesta unidade hoteleira, há ainda um diversificado programa de animação, com atividades mais indicadas para adultos, como aulas de Bike (ciclismo indoor, com vários níveis de intensidade), Power (aeróbica de alto impacto), Strech (treino de flexibilidade e consciência cultural) ou de dança e na piscina. Mas também pensadas para as crianças, como workshops na horta pedagógica, sessões de cinema e ateliers de artes plásticas. Para os mais novos, este hotel tem ainda um carrossel e um parque de trampolins, além do Clube Nep.

Construído de raiz na Várzea de Sintra, com vista para a serra e para o Palácio da Pena, a localização é outro dos pontos fortes deste hotel com 136 quartos e suites, que fica a poucos minutos do centro da vila classificada como património mundial pela UNESCO e próximo do Cabo da Roca, da Praia das Maçãs ou da Praia Grande.

Este empreendimento tem ainda uma componente imobiliária turística composta por 48 apartamentos de tipologias T2 e T3 já em comercialização. Os proprietários poderão usufruir das facilidades da unidade hoteleira bem como dos serviços e valências de saúde e bem-estar.

Durante este ano, em que o grupo hoteleiro celebra o seu 30º aniversário, está ainda programada a inauguração do Vila Galé Braga, já para o próximo dia 9 de junho, e o Vila Galé Touros, no Brasil. Já em 2019 tenciona ainda abrir as unidades da Serra da Estrela e de Elvas.

 

Artigos relacionados:

Jorge Rebelo de Almeida: “A seguir ao Turismo, a Saúde é uma área que pode crescer muito em Portugal”

Inauguração do Vila Galé Sintra em imagens

0

O Vila Galé Sintra Resort Hotel, Conference & Revival Spa vai abrir portas, segundo o previsto, a 25 de abril de 2018 e será uma unidade virada para o Turismo Médico, novidade no panorama da hotelaria portuguesa.

Tendo como lema a vida saudável, o empreendimento será ainda uma hotel virado para a família, contando com diversas valências dedicadas aos mais novos, incluindo uma piscina com escorregas ou locais para pais e filhos poderem divertir-se, praticar desporto e dançarem juntos.

Este projeto marca ainda “o regresso da Vila Galé ao mercado imobiliário”, segundo avançou à imprensa Jorge Rebelo de Almeida, presidente do Conselho de Administração do Grupo. Num investimento a rondar os 25 milhões de euros, além do hotel de quatro estrelas, com 77 quartos, o empreendimento vai contar com 44 apartamentos T0, 15 T1, 36 T2 e 12 T3. Os apartamentos de tipologia T2 e T3 serão para venda a privados, com o preço de 2.500 euros por metro quadrado. Como um “padrão muito elevado” as unidades que estarão para venda têm como objetivo captar, além do mercado português, também o brasileiro e russo. Os proprietários dos apartamentos poderão vir a utilizar as facilidades do hotel com um desconto de 10% e caso queiram poderão arrendar as suas casas dando a gestão da mesma ao hotel, sem que para isso haja obrigatoriedade de rendimentos mínimos.

Localizado numa área de 77.600 metros quadrados na Várzea de Sintra, com vista para o Palácio da Pena, o empreendimento contará com dois Spas: o já habitual nos hotéis Vila Galé da marca Satsanga, dedicado ao bem-estar e aos tratamentos de estética; e a novidade será o Revival Spa, com programas de saúde de diversas áreas e acompanhamento médico especializado. Após um check-up médico integral, onde até poderão ser colhidas análises clínicas para um diagnóstico mais correto, os hóspedes poderão submeter-se a diversos tipos de tratamentos (antisstress, antiaging, antitabagismo, fisioterapia, osteopatia, tratamentos capilares, estética dental e implantologia, detox e workshops de culinária).

O Vila Galé Sintra deverá associar-se a um grupo de saúde neste projeto, embora o responsável tenha optado por ainda não revelar o nome do escolhido.

Como complemento à vida saudável preconizada por Jorge Rebelo de Almeida no Vila Galé Sintra, a unidade terá dois restaurantes que irão ao encontro de uma alimentação de baixo teor calórico. “Não se trata só de elegância, de estética e de beleza, trata-se de aprender a comer para melhorar a saúde com a alimentação”, explicou o responsável, adiantando que o restaurante Versátil apresentará um buffet de alimentação saudável adaptado às necessidades de cada um, ao passo que o restaurante Inevitável, já habitual nos hotéis Vila Galé, terá um conceito “gourmet light”.

O Vila Galé Sintra irá ainda dispor de bar, infinity pool, 2 piscinas exteriores, piscina infantil, ginásio, área fitness, salão de jogos, centro de atividades, club infantil, biblioteca, salão de 430 metros quadrados para eventos e conferências, e três salas de reunião de 75 metros quadrados cada.

Este será “um hotel familiar em que pais e filhos vão dançar juntos, fazer ginástica juntos, brincar juntos e vão comer juntos de uma forma mais saudável”, enalteceu Jorge Rebelo de Almeida.

Ainda sem tema concreto pensado para o hotel, o presidente do Conselho de Administração deixou no ar que os “mitos e lendas de Sintra romântica” lhe “agradam bastante”.

Quanto a mercados, Jorge Rebelo de Almeida acredita que o português deverá ser o principal, até porque como afirma: “qualquer projeto que nós fazemos em Portugal, antes de mais nada, é para portugueses”. Por outro lado, “este hotel vai ser difícil de divulgar porque é diferente, mas acredito que até nos mercados alemão, inglês e holandês vai ter êxito”, disse, deixando ainda que após o português os mercados que mais interesse poderão demonstrar pelo conceito do hotel, e por estar inserido em Sintra, serão o brasileiro e inglês.

Jorge Rebelo de Almeida não põe de lado a hipótese de poder alargar este conceito a outras unidades do grupo, até mesmo no Brasil.

 

 

 

0

O Vila Galé Braga vai investir seis milhões de euros numa nova unidade em Braga, onde serão criados pelo menos 40 postos de trabalho. Prevê-se que os trabalhos comecem no próximo ano, estando a abertura prevista para 2018.

A nova unidade será um hotel de quatro estrelas com 127 quartos duplos, salão de convenções com cerca de 300m2, quatro salas com áreas entre 35m2 e os 60m2, dois restaurantes, bar, adega, biblioteca e piscinas exteriores para adultos e para crianças. Terá ainda spa com piscina interior, ginásio e salas de massagens, jardim interior e estacionamento.

A futura unidade hoteleira da Vila Galé resultará da reabilitação do complexo do antigo hospital de São Marcos, desocupado desde 2011, permitindo assim revitalizar este imóvel de interesse público.

“Esta aposta em Braga é importante porque permite recuperar património histórico relevante e que estava sem aproveitamento e ao mesmo tempo dar-lhe um sentido económico viável. Por outro lado, pretendemos valorizar a oferta hoteleira de Braga, com um hotel que terá condições para receber diferentes segmentos, desde congressos e incentivos, a corporate e turismo de lazer, que é a área mais forte da Vila Galé”, explica o presidente do conselho de administração do grupo, Jorge Rebelo de Almeida.

O edifício pertence à Santa Casa da Misericórdia de Braga, que recentemente assinou um contrato de concessão com o grupo Vila Galé para instalar o Vila Galé Braga.

«O futuro hotel Vila Galé Braga representa também uma forma de diferenciar e diversificar a nossa oferta hoteleira por todo o país, incluindo nas zonas mais interiores. Será um investimento muito importante para Braga e para o grupo, e mais uma bandeira numa cidade com grande potencial de crescimento», comenta ainda Jorge Rebelo de Almeida.