Turim Hotels abre dois hotéis este ano em Lisboa e Funchal

Turim Hotels abre dois hotéis este ano em Lisboa e Funchal

0
Ricardo Martins, CEO do Grupo Turim Hotels

Turim Boulevard, em Lisboa e Turim Santa Maria Hotel, no Funchal, são as duas unidades de cinco e quatro estrelas, respetivamente, que este ano abrirão portas. O anúncio foi feito esta terça-feira, 9 de janeiro, pelo CEO do Grupo Turim Hotels, Ricardo Martins, que garantiu ainda que até 2020 surgirão mais quatro novas unidades.

Lisboa, Sintra, Porto e Coimbra são as cidades escolhidas para os restantes projetos hoteleiros do grupo, mas outras poderão surgir, até porque segundo o mesmo responsável, “não viramos as costas a um bom negócio, mas sempre com os pés bem assentes na terra para não entrarmos em euforias, sempre com o propósito de apostar na marca e know how que já temos e tentar levar mais longe a oferta que temos hoje disponível”.

Para já, o grupo que detém um total de 14 hotéis em Portugal (10 em Lisboa, 1 em Azeitão e 3 no Algarve), revela que até ao final do segundo semestre deste ano surgirá no número 159 da Avenida da Liberdade, em Lisboa, o seu primeiro cinco estrelas, o Turim Boulevard Hotel, com 100 quartos.

No Funchal, o destaque vai para a abertura do Turim Santa Maria Hotel: “Este é um hotel já existente desde 1964, que está fechado há 10 anos, fizemos uma remodelação total e vamos oferecer 100 unidades de alojamento”, explica Ricardo Martins, acrescentando que o mesmo fica localizado junto ao Mercado dos Lavradores e terá classificação de quatro estrelas.

Ainda este ano, o grupo dará início às obras de ampliação do Turim Lisboa Hotel, na Rua Filipe Folque, passando dos atuais 56 quartos para 156. “É uma obra que começará ainda durante este mês de janeiro e deverá estar concluída nos próximos 18 a 24 meses”, diz o CEO.

No Porto, a marca hoteleira arranca no primeiro trimestre deste ano, com as obras do Turim Oporto Hotel, com 100 quartos e classificação de quatro estrelas. A unidade, situada ao lado da Câmara Municipal do Porto, no início da Avenida dos Aliados deverá estar concluída entre “18 a 24 meses” e segundo o mesmo responsável poderá ser “a primeira de outras nesta cidade”.

Ricardo Martins refere ainda que o projeto de Coimbra “foi o último a surgir e é um regresso às raízes”, já que a família que gere o grupo vem da Lousã. “O hotel de Coimbra chamar-se-á Turim Rainha Santa, o mesmo nome da igreja onde os meus pais se casaram, terá entre 120 e 150 quartos e fica na Avenida Fernão Magalhães. Coimbra é uma situação muito embrionária, vamos fazer fé que se consiga começar a obra ainda este ano de 2018.”

Depois de Coimbra, o destaque vai para Sintra, onde surgirá o segundo cinco estrelas do grupo em 2019: “Turim Sintra Palace Hotel será como se vai chamar esta unidade com 100 quartos, que surge de um palacete bem no centro da vila, a Casa da Gandarinha. Vamos manter a fachada original e no palacete estarão as áreas nobres do hotel, como as suites, o Bar dos Charutos, entre outras. Nas áreas à direita e à esquerda surgirão as restantes unidades de alojamento e ainda salas para congressos capazes de acolher até 600 pessoas”, explica o CEO, acrescentando: “Vamos ter um parque de estacionamento com 175 lugares para colmatar uma lacuna existente em Sintra a esse nível e que vai complementar o serviço que ali temos.”

A fechar as novidades está mais um hotel em Lisboa, mais precisamente na Avenida da República, que segundo Ricardo Martins é ainda “um projeto embrionário, que vai entrar neste primeiro trimestre na Câmara de Lisboa, uma unidade que terá 100 quartos e ficará em frente ao Campo Pequeno, devendo abrir entre 2020 e 2021”.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply