Lisboa cidade de turismo e empreendedorismo

Lisboa cidade de turismo e empreendedorismo

0

Lisboa, está na moda, é uma cidade cosmopolita, moderna, global e que acolhe quem nos visita e quem a elege para viver ou para investir, como nenhuma outra cidade europeia. Nos últimos anos o Turismo cresceu vertiginosamente e hoje existem locais da cidade onde só se houve falar múltiplas línguas, e são muitos os que dizem que este crescimento se deve à instabilidade política e à insegurança que se vive em muitos dos países de excelência para gozo de férias, bem como em muitas das cidade da Europa.

Sendo em parte verdade esta afirmação, esta popularidade do nosso País, e em particular de Lisboa, deve-se muito ao investimento quer do Estado e à sua aposta no Turismo, bem como à visão da autarquia de Lisboa.

Nos últimos anos Lisboa mudou, assistimos à sua requalificação urbanística, à sua requalificação paisagística e de espaços públicos, e à aposta na promoção da nossa cidade não só como um dos destinos de excelência para cities breaks, mas para pleno gozo de férias aproveitando toda a vertente que envolve a região de Lisboa, Cascais, Ericeira, Mafra, que são hoje também atrativos de referência internacional.

Mas mais importante do que a aposta na promoção de Lisboa como cidade de Turismo, foi todo investimento feito pela autarquia e empresários, pois só em conjunto foi possível a promoção de Lisboa como cidade de empreendedorismo, de criatividade, atraindo milhares de jovens de diversos países, que encontraram em Lisboa as condições e o ambiente de excelência para desenvolverem os seus projetos de empreendedorismo.

Surgiram dezenas de centros de incubação, as Startups, muitas delas inovadoras, exemplo que é a Startup do Comércio, uma das primeiras a surgir a nível da Europa e que marcaria esse espírito visionário de quem esteve a liderar o pelouro da Economia e Inovação na nossa autarquia. A cidade não só tem de agradecer ao Dr. António Costa por liderar essa visão, mas também por ter permitido que a vereadora do pelouro tivesse total liberdade de decisão, então Dra. Graça Fonseca, que foi indiscutivelmente a impulsionadora deste movimento de criatividade, arriscando numa área que há dez anos atrás seria impensável ter na cidade, atitude essa continuada pelo atual presidente da CML, Sr. Dr. Fernando Medina.

SIMILAR ARTICLES

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply