Medina considera fundamental união entre autarquias da AML para atrair mais e...

Medina considera fundamental união entre autarquias da AML para atrair mais e melhores turistas

0

O autarca de Lisboa considera que a existência de políticas de concorrência entre os municípios da Área Metropolitana de Lisboa (AML) “não faz sentido”.

Para Fernando Medina, orador de um dos painéis do 30º Congresso da Associação Nacional de Hotelaria, a decorrer em Lisboa, é essencial a existência de uma cooperação para que possa existir “elementos de atração e retenção de turistas no país”, afirmando por isso “vital para a nossa competitividade, a longo prazo, que Almada tenha sucesso e que Cascais tenha mais sucesso ainda”.

Segundo o presidente da CML, os autarcas pertencentes à AML têm “uma grande sensibilidade e consciência muitíssimo grande da importância económica do Turismo”, devendo por isso “ser capazes de articular produtos mais cooperantes e experiências”.

Medina vê no facto de Lisboa ter conseguido atrair a organização da Web Summit por mais dez anos, num valor de 11 milhões de euros anuais, uma premeditação positiva para o futuro, de que outros eventos de grandes dimensões virão.

De relembrar que o autarca da capital deu a conhecer na véspera do início da Web Summit 2018, que teve lugar de 5 a 8 de novembro, que o recinto feiral de Lisboa, na Fil, irá ser expandido para mais do dobro, num investimento ainda não divulgado pela autarquia.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply