Sexta-feira, Abril 3, 2020
Tags Post com a tag "Açores"

Açores

0

O Terra Nostra Garden Hotel, no Vale das Furnas, na ilha de São Miguel, nos Açores está nomeado, pelo quarto ano consecutivo, para Europe’s Leading Boutique Hotel e Portugal’s Leading Boutique Hotel, nos World Travel Awards.

Parte integrante da Bensaude Hotels, o Terra Nostra Garden Hotel venceu a categoria Portugal’s Leading Boutique Hotel em 2014 e em 2016, ficando no top 3 em 2015.

Ladeado pelo Parque Terra Nostra, o mote para este ano é “Um Hotel que nasce num Parque”. São mais de 80 anos de história, intrinsecamente ligada ao turismo açoriano desde a sua génese, que o Terra Nostra Garden Hotel aplica na sua arte de bem receber.

0

A Picos de Aventura iniciou hoje operações na Ilha Terceira, expandindo assim o negócio da empresa de animação turística ao Grupo Central do arquipélago dos Açores. A empresa, que conta com mais de 14 anos de actividade e que tinha apenas infraestruturas na ilha de São Miguel, inclui esta nova abertura no seu projeto de expansão e crescimento, desenvolvido ao longo dos últimos anos, posicionando a empresa como uma marca de confiança para todos os parceiros e clientes.

A loja da Picos de Aventura na Terceira situa-se na Marina de Angra do Heroísmo, onde já está disponível uma embarcação de 10 metros, usado na observação de baleias, com lotação de 25 passageiros, muito confortável e espaçosa, estável e adequada a idosos, pessoas com deficiência e famílias com crianças. Este barco permite maior proximidade com os animais, segurança e menor sensação de enjoo. Os programas disponíveis nesta fase de lançamento são essencialmente actividade relacionadas com o mar e com diferentes durações. Em actividade de meio-dia está disponível a observação de cetáceos e um passeio aos Ilhéus com snorkeling. Para duração de dia inteiro são combinadas ambas as actividade de meio dia, juntando-se a observação de cetáceos com Jeep Tour e Almoço.

“É com entusiasmo que a equipa da Picos de Aventura abraça mais este desafio, certos que a operação na Terceira será certamente mais um projeto de sucesso na história da marca. A empresa tem outros projetos, diferenciadores, na linha de produção para esta ilha que bem merece toda a atenção tendo em conta o potencial esperado” refere João Rodrigues, Presidente do Conselho de Administração da Picos de Aventura.

0

Os Açores surgem em 4.º lugar do Top 15 Hidden Treasures (Top 15 dos Tesouros Escondidos), do guia europeu elaborado pela Mastercard, que desvenda os destinos de viagem mais especiais, menos conhecidos e acessíveis na Europa.

Em primeiro lugar surge o Convento das Astúrias e Covadonga, em Espanha, seguido de Mdina & Zebbug, em Malta e a Região de Salzkammergut, na Áustria, na terceira posição. Logo a seguir surgem os Açores, considerado com “um paraíso pouco explorado a um preço acessível e de uma beleza natural extraordinária”.

O arquipélago dos Açores surge assim à frente de destinos como Perast, no Montenegro, a Ilha de Pag, na Croácia ou Naarden, na Polónia.

Este Top dos Tesouros Escondidos na Europa é eleito com base em dados da Mastercard, informações de bloggers de viagens locais e especialistas em turismo, e tiveram em consideração atributos como a beleza, a densidade de turistas, a aceitação de pagamentos, o custo da estadia e a conveniência.

Segundo Adam Blake, diretor do Centro Internacional de Pesquisa de Turismo da Universidade de Bournemouth, “o conhecimento da Mastercard da forma como as pessoas gastam resultou numa lista inédita de recomendações que permitem aos viajantes comparar diferentes destinos de acordo com a atratividade, conveniência e custo”, acrescentando que “estes dados, combinados com o conhecimento local destes destinos, tornam este guia muito informativo, mesmo para viajantes experientes”.

Europeus utilizam cada vez mais cartões em viagem

De acordo com dados da Mastercard os viajantes europeus confiam cada vez mais nos seus cartões para reservar as férias, com 55% a utilizarem-nos para a reserva de voos, alojamento e outras despesas antes da partida e 45% a utilizarem-nos durante o período de férias. A Islândia, a Estónia, a Noruega e a Áustria são os países onde os visitantes mais pagam com cartão.

Ainda segundo uma pesquisa de consumo realizada pela Mastercard, em 2016, em 12 países da Europa, os restaurantes são a categoria em que as pessoas mais gastam durante as férias (26%) seguindo-se os transportes (21%) e as compras (19%). Cerca de 18% dos gastos de viajantes europeus são gastos em cultura e 10% em alojamento.

0

Mais um curso inicial de tripulantes de cabine se realizou no Centro de Formação Aeronáutica dos Açores (CFAA), na ilha de Santa Maria.

Foram 11 os formandos que participaram e concluíram a formação.

O curso teve como objetivo formar e certificar candidatos à função de assistente de bordo. Após concluída a formação com sucesso, o assistente de bordo fica dotado dos requisitos essenciais para se candidatar e poder vir a integrar os quadros de tripulante de cabine de qualquer transportadora aérea internacional.

Inaugurado em setembro de 2012, o CFAA, com sede na ilha de Santa Maria, tem como objetivo dotar a SATA e a Região Autónoma dos Açores com os meios adequados para a qualificação e desenvolvimento de Capital Humano ligado à atividade de transporte aéreo comercial de passageiros e carga, segundo os requisitos legais vigentes, bem como proporcionar a formandos particulares, entidades externas e colaboradores do Grupo SATA condições formativas de excelência.

O Grupo SATA vê, assim, concluída com sucesso a formação de mais um grupo de assistentes de bordo, prontos para abraçar uma carreira central na atividade do transporte aéreo e que tem o potencial de valorizar o setor do turismo, agora em desenvolvimento nos Açores, através da prática dos valores transmitidos pela SATA, como são a inovação, a fiabilidade e a simpatia.

0

A Ryanair lançou, esta segunda-feira, uma promoção com voos desde 28.99 euros nas rotas desde Ponta Delgada para Lisboa, com o objetivo de acomodar os viajantes afetados pela decisão da easyJet em cancelar os seus voos para Ponta Delgada em Outubro.

Os clientes da Ryanair podem voar desde e para os Açores sempre aos preços mais baixos, nos voos mais pontuais e com o melhor serviço ao cliente. Podem também contar com ainda mais melhorias, já que a Ryanair continua a apostar no seu programa “Sempre a Melhorar”, que inclui mais rotas, novidades digitais, novos interiores de cabine e preços ainda mais baixos.

Esta promoção de resgate de 28.99 euros já está à venda em Ryanair.com para viagens em Outubro e Novembro. As reservas devem ser efetuadas até à meia noite de quarta-feira (29 março).

 

0

As Ilhas Portuguesas são o tema principal.

Para a Madeira a sugestão é de quatro dias com partidas diárias de de Lisboa ou Porto, a partir de 1 de Abril até 31 de Outubro.

Já para Porto Santo o programa é de 8 dias com partidas de Lisboa a partir de 1 de Maio até 31 de Outubro.

Por fim, para os Açores, São Miguel, Terceira e Faial são as ilhas privilegiadas, podendo ser visitadas individualmente ou em programas combinados.

0

A opinião foi expressada por Noel Josephides, presidente da ABTA – Association of British Travel Agents, durante um encontro promovido com a sua congénere portuguesa, a APAVT – Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo.

O responsável acredita que “os impactos vão agora começar” e avisa que, embora agora ainda esteja “a correr tudo bem e a viver-se numa euforia generalizada”, a verdade é que “ainda está por se saber qual será o impacto económico que vamos (ingleses) sentir após a saída da União Europeia” e avisa: “Não nos podemos esquecer que a libra esterlina já caiu 20% desde o referendo, a inflação está a subir e os salários, segundo o previsto, não irão conseguir acompanhar tudo isto”. Por outro lado, deixa várias questões no ar: “Será que vamos ter possibilidades económicas de continuarmos quando os preços no supermercado vierem, porventura, a aumentar? Vamos precisar de vistos? Como vamos dar emprego às pessoas? Que as taxas nos serão aplicadas? O que irá acontecer à libra?”

Os turistas ingleses continuam a crescer em Portugal e Espanha e por mercados, em 2016, viajaram para Espanha 11,4 milhões de turistas ingleses, ocupando a primeira posição no ranking, e para Portugal o número foi de 2,1 milhões, ficando na quarta posição, antecedidos por França e Itália, com 6,1 e 2,4 milhões, respetivamente.

Noel Josephides mostra-se preocupado com o facto de haver muito ingleses que “não tem dinheiro para pagar viagens, o que faz com que haja, cada vez mais, pessoas a viajar dentro do Reino Unido” e isto quando se fala de “24 a 26 milhões de pessoas que fazem viagens transatlânticas”.

 

Leia o artigo completo na edição de Abril (nº 360) da VIAJAR – Disponível online (aqui)

0

Turismo dos Açores convida visitantes da BTL a entrar num trilho de emoções e experiências

Com uma presença na Bolsa de Turismo de Lisboa que este ano envolve um stand com 720 metros quadrados, com cerca de 30 módulos de negócio para as empresas do setor, um trilho virtual e uma agenda com mais de 30 eventos, o Turismo dos Açores destaca este ano as atividades outdoor.

Com o mote “Todos os trilhos vão dar aos Açores”, a presença na edição deste ano da BTL pretende consolidar a transição do posicionamento na promoção da oferta turística dos Açores. Tendo como objetivo a valorização deste ativo único, o Turismo dos Açores tem vindo a trabalhar para que a região seja considerada um destino de paisagens e que proporcione, aos seus visitantes, experiências únicas com especial enfoque nas atividades relacionadas com a natureza.

0

Já é possível reservar viagens na TAP com Stopover em Lisboa ou Porto e destino final Açores, Madeira ou Algarve.

Os clientes provenientes da Europa e de qualquer voo intercontinental, com destino a Faro, Ponta Delgada, Terceira, Funchal e Porto Santo podem agora usufruir de uma estada em Lisboa, ou no Porto, sem custos adicionais na viagem, no âmbito do programa Stopover da TAP.

A TAP lançou o Portugal Stopover no verão de 2016, com o objetivo de incentivar os passageiros de longo curso que viajam na companhia, com trânsito em Lisboa ou Porto, a aproveitarem a passagem por estas cidades para permanecer até três dias, sem custos adicionais às suas tarifas.

Com as mudanças agora introduzidas no produto Portugal Stopover, a TAP garante que todos os destinos domésticos passam a estar disponíveis para os clientes que desejem fazer a paragem em Lisboa ou no Porto.

Até ao final de janeiro, 40 mil passageiros reservaram já viagens Stopover com a TAP.

O Portugal Stopover está associado a uma rede de mais de 150 parceiros, que proporcionam aos clientes preços exclusivos em hotéis, a oferta de uma garrafa de vinho português em restaurantes e experiências gratuitas, nomeadamente passeios de tuk tuk, visitas a museus, observação de golfinhos no Sado e degustações. Esta rede será agora alargada a parceiros nas regiões do Algarve, Açores e Madeira, para que o cliente que voa no âmbito do  Stopover tenha ainda mais benefícios, não só em Lisboa e Porto, mas também no seu destino final.

“Com este aumento do leque de destinos domésticos no programa Portugal Stopover, a TAP reforça uma vez mais o seu papel de embaixadora do destino Portugal no mundo, tirando partido das vantagens geostratégicas do nosso Hub”, disse Fernando Pinto, CEO da companhia.

Em outubro do último ano, a prestigiada revista norte-americana ‘Condé Nast Traveler’ considerou este programa da TAP a melhor opção para uma escala em viagem para passageiros oriundos dos Estados Unidos.

A TAP tem verificado que os clientes Stopover provenientes dos EUA têm vindo a aumentar, com destaque para os passageiros à partida de Boston e Miami. No Brasil, o Stopover é uma opção sobretudo procurada por clientes de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

“Estamos a convidar os passageiros em trânsito a ficar e visitar Portugal, inclusive duplicando o número de destinos que eles podem conhecer no nosso País”, afirma Fernando Pinto. “Trazer turistas a Portugal sempre foi um dos desígnios da TAP e com esta proposta de Stopover com inclusão dos Açores, Madeira e Algarve, a companhia procura reforçar ainda mais esse desígnio”, acrescentou.

O reforço de operações da TAP já anunciado para este verão traduz a expectativa de crescimento de passageiros para os destinos Algarve, Madeira e Açores. A partir de junho, a TAP terá mais um voo diário para Faro, passando assim de três para quatro voos por dia entre Lisboa e o Algarve. Além deste voo diário adicional, a companhia passa também a utilizar aviões de maior capacidade, pelo que o aumento da oferta total de lugares será na ordem dos 45 por cento.

Também a partir de junho, a TAP aumentará a sua operação para Ponta Delgada de dois para três voos diários. Este reforço, associado à utilização de aviões maiores, permitirá à TAP passar a servir os Açores, no período do verão, com rês voos diários para a ilha de São Miguel e dois para a ilha Terceira, o que se traduz num aumento da capacidade de 103 por cento, com a oferta de 35 frequências semanais ligando o Continente e os Açores.

Para a Madeira, a TAP oferece, este verão, oito voos diários entre Lisboa e o Funchal, e mais dois voos diários à partida do Porto, aos quais acrescem ainda cinco frequências semanais para o Porto Santo à partida de Lisboa.

0

Os Açores constam da lista de doze «destinos turísticos a seguir em 2017» que a ABTA, congénere britânica da APAVT, publicou, esta quinta-feira, considerando o arquipélago Português como «Idyllic unspoilt islands», ou Ilhas intactas e idílicas.

«Um maior número de turistas está a despertar para os atrativos incríveis destas ilhas atlânticas intactas», afirma a ABTA-Association of British Travel Agents, referindo as paisagens vulcânicas e os mares onde se podem ver golfinhos, baleias e raias.  A lista dos «destinos a seguir em 2017» integra o relatório de tendências de viagens e turismo que a associação publica anualmente.

O interesse dos agentes de viagens britânicos pelos Açores sairá este ano reforçado com a realização do congresso da ABTA em Ponta Delgada, de 8 a 11 de outubro deste ano, que resulta de uma candidatura que  APAVT formalizou há dois anos e que conta com o apoio do Turismo dos Açores. Prevêem-se cerca de 600 profissionais do turismo do Reino Unido neste evento.

«Parece evidente que o congresso da ABTA, nos Açores, vem na altura exata. A sua realização segue uma das tendências do mercado britânico para 2017 e, certamente, permitirá  reforço desta tendência no futuro próximo. Razões suficientes para nos focarmos em fazer deste congresso um enorme sucesso», afirma a propósito o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira.