Sexta-feira, Abril 3, 2020
Tags Post com a tag "Ponta Delgada"

Ponta Delgada

0

Já abriram as inscrições para o 28º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo, organizado pela Associação da Hotelaria de Portugal, que irá decorrer de 16 a 18 de novembro, nas Portas do Mar, em Ponta Delgada.

Para garantirem lugar com a máxima antecedência e usufruírem do melhor preço, os interessados deverão visitar o site do Congresso – http://www.congressoahp.pt e inscreverem-se através do formulário online disponível na página.

A AHP lançou uma “campanha” única para inscrições até dia 19 de setembro e condições especiais de alojamento e voos com preços muito competitivos para os congressistas.

“Portugal, Vocação Atlântica” é o mote daquele que é o maior fórum de debate do setor da Hotelaria e Turismo. Esta edição irá contar com conceituados oradores nacionais e internacionais a serem revelados brevemente.

Este ano, a AHP convida os congressistas a prolongarem a sua estadia para o fim de semana podendo fazer-se acompanhar e beneficiar de preços exclusivos, assim como aceder a um programa turístico e social.

 

0

A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal irá realizar o seu 28º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo em Ponta Delgada, de 16 a 18 de novembro.

O lançamento do Congresso da AHP decorreu, esta segunda-feira, no Pavilhão das Portas do Mar em Ponta Delgada, e contou com as presenças do secretário Regional do Turismo e Transportes, Vítor Fraga, e da presidente da Direção Executiva da AHP, Cristina Siza Vieira.

“Portugal, vocação atlântica” é o tema da edição deste Congresso da AHP e que constitui um importante momento de reflexão e de análise para os profissionais do setor.

“Este ano iremos realizar o Congresso nos Açores, cumprindo uma aspiração e promessa aos nossos muitos associados na região. Aliás, a região tem vindo a merecer cada vez maior notoriedade e reconhecimento, que os indicadores turísticos também registam revelando um crescimento a dois dígitos. A AHP tem vindo a acompanhar, ao longo dos anos, a evolução do Turismo nos Açores, e é com grande satisfação que também contribuímos agora, através do nosso congresso, para a promoção da região”, enaltece o Raul Martins, presidente da AHP

“Tal como tem vindo a ser hábito, contaremos com conceituados oradores nacionais e internacionais. O tema deste ano é também ele um desafio por si só. Num mundo em constante mudança, como a recente alteração geopolítica da UE revela, é imperativo olharmos e refletirmos sobre as principais questões com que o País se depara. Iremos também abordar as tendências da Hotelaria e do Turismo, quer a nível nacional, quer internacional, e o posicionamento dos Açores na captação de mercados como o americano, a par das oportunidades que se abrem neste destino de excelência”, acrescenta o responsável.

O secretário Regional do Turismo e Transportes, Vítor Fraga, no seu discurso, destacou que “é uma honra para os Açores receber um evento com o prestígio deste Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo”, deixando claro que desenvolveram e implantaram nos Açores, nos últimos anos “um conjunto de medidas estruturais” que lhes permite terem hoje “um setor do Turismo caraterizado por uma enorme dinâmica e gerador de grande confiança”, junto dos empresários.

“No conjunto dessas medidas permitam-me destacar o trabalho conjunto, realizado por entidades públicas e privadas, ao nível do reposicionamento do destino, comunicando-o como um destino de natureza ativa, para além da sua componente contemplativa, ou a implementação do novo modelo de acessibilidades à Região e ainda a revisão do modelo de transporte aéreo inter-ilhas, que contribuíram para que o Turismo nos Açores tenha crescido consideravelmente e o Arquipélago seja, cada vez mais, um Destino apelativo, aos olhos de quem procura umas férias de natureza ativa, onde a animação turística é conjugada com as ofertas cultural, gastronómica e de alojamento. Nos Açores, continuaremos a trabalhar para desenvolver este setor tão importante para a economia açoriana, tendo sempre em conta a sustentabilidade económica, a sustentabilidade ambiental e a sustentabilidade social da Região. Tenho afirmado e insistido na ideia de que o Turismo nos Açores só é bom se for bom para quem cá vive. É por isso que acredito também que o desenvolvimento deste setor no nosso arquipélago só poderá ser bem feito, se continuar a contar, como estou certo acontecerá, com a participação de todos os parceiros e entidades, públicas e privadas, como é o caso de todos aqueles que a AHP representa. Estamos à vossa espera, com a certeza de que o 28º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo será um dos melhores, senão o melhor Congresso até hoje realizado pela AHP. Venham daí”, concluiu Vitor Fraga.

A 28ª edição do Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo, que após 26 anos regressa aos Açores, será apresentada em setembro, em Lisboa.

0

O tráfego de passageiros em toda a rede europeia aeroporto em 2015 cresceu a uma média + 5,2%. Nos aeroportos da UE, o aumento médio do tráfego de passageiros foi de + 5,6% com os aeroportos na Irlanda, Portugal, Grécia, Roménia, Hungria, Eslováquia, Eslovénia e Lituânia alcançar um crescimento de dois dígitos. Os dados foram avançados pelo ACI Europe, no seu Relatório de Tráfego referente ao ano de 2015, no qual surgem em destaque os aeroportos do Porto e de Ponta Delgada devido aos resultados alcançados.

Este relatório, que agrega a informação dos quase 500 aeroportos em 45 países europeus associados ao ACI Europe, representando mais de 90% do tráfego aéreo comercial da Europa, é um documento de referência e agregador de estatísticas aeroportuárias internacionais. Com efeito, é o único relatório de transporte aéreo que inclui todos os tipos de voos civis de aviação de passageiros de e para a Europa: serviço completo, de baixo custo, charter e outros.

É de realçar que o Aeroporto de Faro (Grupo 3), durante o mês de Dezembro de 2015, teve um crescimento de 17,3% relativamente a período homólogo de 2014, tendo ficado no 4º lugar do top 5 europeu de crescimento mensal de tráfego de passageiros o que vem reforçar a aposta da ANA Aeroportos na captação de tráfego para o Algarve no Inverno IATA.

Olivier Jankovec, diretor geral do ACI Europe referiu que “2015 foi um ano muito bom em termos de tráfego de passageiros, com os aeroportos europeus a acolherem um valor estimado de 1,95 mil milhões de passageiros. Vinte por cento deles obtiveram um crescimento de dois dígitos e muitos quebraram novos recordes de tráfego – alimentado principalmente pelo crescimento continuado das companhias aéreas de baixo custo e de algumas companhias aéreas de países terceiros”.

 

O “top 5” de crescimento do tráfego de passageiros para 2015 é o seguinte:

  • GROUP 1 (tráfego superior a 25 milhões de passageiros por ano): Madrid-Barajas (+12.0%), Istanbul IST (+9.1%), Amsterdão (+6.0%), London LGW e Barcelona El-Prat (+5.7%) e Roma FCO (+5.0%)
  • GROUP 2 (tráfego entre 10 e 25 milhões de passageiros por ano): Istanbul SAW (19.7%), Atenas (+19.1%), Dublin (+15.3%), Londres STN (+12.8%) e Izmir (+12.1%)
  • GROUP 3 (tráfego entre 5 e 10 milhões de passageiros por ano): Milão BGY (+18.6%), Gotemburgo GOT (+18.1%), Berlin SXF (+16.9%), Porto (+16.7%) e Glasgow (+12.9%)
  • GROUP 4 (tráfego inferior a 5 milhões de passageiros por ano): Ohrid (+53.3%), Ponta Delgada (+29.5%), Astracã (+26.1%), Santorini/Thira (+87.6%), Cluj e Timisoara (+25.8%)