AHP prepara-se para lançar plataforma agregadora de hotéis

AHP prepara-se para lançar plataforma agregadora de hotéis

0

A Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) está a preparar-se para lançar, em 2017, uma plataforma de reservas hoteleiras nacional, ao estilo do Booking.com. O projeto será financiado em 70% por fundos comunitários, oriundos do Sistema de Incentivos às Ações Coletivas (SIAC) do Compete, embora o valor a si associado ainda não seja revelado..
Raul Martins, num encontro com a imprensa, à margem do 28º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo, que está a decorrer nas Portas do Mar, em Ponta Delgada, nos Açores, avançou que com este projeto a hotelaria portuguesa pretende “tomar nas suas mãos um pouco da distribuição e do seu futuro”.
Sem querer ainda adiantar grandes pormenores sobre a novas plataforma, Cristina Siza Vieira, presidente-executiva da AHP, afirma que esta plataforma vem ajudar na autoregulação do setor, além de uma integração mais efetivos no digital das empresas hoteleiras portuguesas. Raul Martins evidenciou ainda que “há muitos hotéis que ainda não têm um site” e com esta nova plataforma poderão encontrar uma solução para este caso, até porque nos dias de hoje “toda a informação tem que estar online”.
Embora tenham consciência que competir com as plataformas de reservas internacionais seja “muito difícil”, em em especial com o Booking.com, que Cristina Siza Vieira acredita deter entre 15 a 30% do mercado de reservas da hotelaria online portuguesa, a AHP pretende apresentar produtos diferentes e inovadores na sua plataforma, que ainda não tem nome definido. O objetivo passa por ter mais informação sobre os hotéis presentes, com detalhes sobre os serviços que as unidades têm para oferecer aos suas clientes. “Esta é uma central agregadora da oferta, que encaminha as reservas para os sites dos hotéis, ficando cada um dono do seu negócio”, explicou o presidente da AHP, adiantado ainda que “não é objetivo da associação entrar em concorrência direta com o Booking.com”, porque se assim fosse seria uma aposta talhada logo à partida, dado que “há em Portugal hotéis que dependem em 90% de reservas desta plataforma.

*A Viajar Magazine nos Açores a convite da AHP

Artigos Relacionados:

Raul Martins: ” O país precisa de mais eventos como o Web Summit”

Hotéis não aderem à lei que permite dispensa de estrelas

Neeleman recorda urgência do Montijo até para estacionamento de aeronaves

Marcelo diz que é preciso assegurar que não estamos perante um epifenómeno

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply