Alojamento local é alternativa para peregrinos na visita do Papa Francisco

Alojamento local é alternativa para peregrinos na visita do Papa Francisco

0

Airbnb espera crescimento exponencial da oferta de alojamento local nos meses que antecedem a visita do Papa Francisco em Maio de 2017.

Dados da Airbnb indicam que na área de influência (cidades circundantes: Batalha, Ourém, Santarém, Leiria, Tomar ou Torres Novas) do Santuário de Fátima existem, de momento, 411 anúncios ativos na plataforma. Entre outubro de 2015 e setembro de 2016, os anfitriões na Airbnb da região hospedaram 4807 visitantes, o que representou um crescimento de mais de 250% face ao ano anterior. Cada um destes passou, em média, 4,1 noites nos locais e, igualmente em média, cada grupo visitante era composto por 3,9 pessoas. Estes números revelam uma forte tendência de crescimento, que deverá continuar a acelerar até maio de 2017.

Ricardo Macieira, country lead Airbnb, afirma que “a Airbnb tem um longo historial de apoio às comunidades em grandes eventos. Os anfitriões abrem as suas portas aos visitantes e proporcionam experiências únicas. Além disso, a maioria dos anfitriões na Airbnb partilha a sua própria casa, tendo a possibilidade de beneficiar dos impactos económicos proporcionados pelos grandes eventos. A amplitude deste evento proporciona isso mesmo e é essencial projetar a visita papal ao Santuário e encontrar formas de alojamento alternativas, para as centenas de milhares de fiéis que, com certeza, se deslocarão a Fátima por essa altura”.

Por conseguinte, a área de influência assume um papel preponderante em termos de hospedagem para os peregrinos ou fiéis que se desloquem ao Santuário de Fátima. Fomentando a economia local, aquando da visita a um dos destinos de maior relevo para o turismo religioso europeu.

Esta peregrinação ao Santuário de Fátima comemora o denominado “Milagre do Sol” que ocorreu a 13 de outubro de 1917, em Fátima, com a aparição da Nossa Senhora das Dores a mais de 50 mil pessoas, segundo relatos da época.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply