Ponta Delgada colhe 28º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo

0
582

A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal irá realizar o seu 28º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo em Ponta Delgada, de 16 a 18 de novembro.

O lançamento do Congresso da AHP decorreu, esta segunda-feira, no Pavilhão das Portas do Mar em Ponta Delgada, e contou com as presenças do secretário Regional do Turismo e Transportes, Vítor Fraga, e da presidente da Direção Executiva da AHP, Cristina Siza Vieira.

“Portugal, vocação atlântica” é o tema da edição deste Congresso da AHP e que constitui um importante momento de reflexão e de análise para os profissionais do setor.

“Este ano iremos realizar o Congresso nos Açores, cumprindo uma aspiração e promessa aos nossos muitos associados na região. Aliás, a região tem vindo a merecer cada vez maior notoriedade e reconhecimento, que os indicadores turísticos também registam revelando um crescimento a dois dígitos. A AHP tem vindo a acompanhar, ao longo dos anos, a evolução do Turismo nos Açores, e é com grande satisfação que também contribuímos agora, através do nosso congresso, para a promoção da região”, enaltece o Raul Martins, presidente da AHP

“Tal como tem vindo a ser hábito, contaremos com conceituados oradores nacionais e internacionais. O tema deste ano é também ele um desafio por si só. Num mundo em constante mudança, como a recente alteração geopolítica da UE revela, é imperativo olharmos e refletirmos sobre as principais questões com que o País se depara. Iremos também abordar as tendências da Hotelaria e do Turismo, quer a nível nacional, quer internacional, e o posicionamento dos Açores na captação de mercados como o americano, a par das oportunidades que se abrem neste destino de excelência”, acrescenta o responsável.

O secretário Regional do Turismo e Transportes, Vítor Fraga, no seu discurso, destacou que “é uma honra para os Açores receber um evento com o prestígio deste Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo”, deixando claro que desenvolveram e implantaram nos Açores, nos últimos anos “um conjunto de medidas estruturais” que lhes permite terem hoje “um setor do Turismo caraterizado por uma enorme dinâmica e gerador de grande confiança”, junto dos empresários.

“No conjunto dessas medidas permitam-me destacar o trabalho conjunto, realizado por entidades públicas e privadas, ao nível do reposicionamento do destino, comunicando-o como um destino de natureza ativa, para além da sua componente contemplativa, ou a implementação do novo modelo de acessibilidades à Região e ainda a revisão do modelo de transporte aéreo inter-ilhas, que contribuíram para que o Turismo nos Açores tenha crescido consideravelmente e o Arquipélago seja, cada vez mais, um Destino apelativo, aos olhos de quem procura umas férias de natureza ativa, onde a animação turística é conjugada com as ofertas cultural, gastronómica e de alojamento. Nos Açores, continuaremos a trabalhar para desenvolver este setor tão importante para a economia açoriana, tendo sempre em conta a sustentabilidade económica, a sustentabilidade ambiental e a sustentabilidade social da Região. Tenho afirmado e insistido na ideia de que o Turismo nos Açores só é bom se for bom para quem cá vive. É por isso que acredito também que o desenvolvimento deste setor no nosso arquipélago só poderá ser bem feito, se continuar a contar, como estou certo acontecerá, com a participação de todos os parceiros e entidades, públicas e privadas, como é o caso de todos aqueles que a AHP representa. Estamos à vossa espera, com a certeza de que o 28º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo será um dos melhores, senão o melhor Congresso até hoje realizado pela AHP. Venham daí”, concluiu Vitor Fraga.

A 28ª edição do Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo, que após 26 anos regressa aos Açores, será apresentada em setembro, em Lisboa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here