AHP 2019: “É tempo de enfrentar os desafios que se colocam ao...

AHP 2019: “É tempo de enfrentar os desafios que se colocam ao desenvolvimento da nossa atividade”

0

São quatro os desafios apontados por Francisco Calheiros , presidente da Confederação do Turismo de Portugal, ao desenvolvimento do turismo no país.

O responsável, que falava durante o 31º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo, que se realiza em Viana do Castelo, identificou o aeroporto de Lisboa como sendo o primeiro desses desafios. Para Francisco Callheiros este tema “já leva mais de 50 anos de discussão pública e que agora tem finalmente condições para avançar. O parecer favorável da Agência Portuguesa do Ambiente à solução do Montijo retira qualquer fundamentação aos seus opositores” e deixou presente que ” não podemos é esperar por mais estudos e pareceres, nem analisar outras soluções, já muito analisadas e discutidas”.

Como segundo desafio, o presidente da CTP elegeu a falta de recursos humanos e questionou “como contornar esta ameaça?”, ao que respondeu “com mais e melhor qualificação profissional; com mais especialização e reforço da formação; com programas de reconversão para novas competências; com recurso a canais de circulação de trabalhadores de outros estados da União Europeia e não só; e também com uma melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores no domínio da retribuição, benefícios sociais e motivação”.

Na terceira posição colocou a “reforma de Estado” ou a “urgência de avançar para uma verdadeira reforma de Estado que conduza à melhoria e sustentabilidade futura do sistema da Segurança Social, Saúde, Justiça e Ensino.

Como último desafio, Francisco Calheiros identificou a crise demográfica. “Já somos o terceiro país com menos crianças e jovens até aos 15 anos e um dos países da Europa com menos filhos por mulher em idade fértil. O Eurostat renovou recentemente as projeções que indicam que Portugal será, em 2050, o país mais envelhecido da Europa. No final do século em cada 100 jovens haverá o triplo de idosos. O impacto desta crise demográfica na economia nacional pode superar as nossas piores expetativas. Estamos, pois, perante uma urgência nacional”, concluiu.

*A VIAJAR MAGAZINE em Viana do Castelo a convite da AHP

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply