República Dominicana: Parque Ecológico Ojos Indígenas onde a Natureza e o mar vivem em perfeita harmonia

por Sílvia Guimarães

A Natureza não para de nos surpreender! E é isso mesmo que acontece no Parque Ecológico Ojos Indígenas, em Punta Cana, que, após caminharmos por entre a vegetação tropical, deparamo-nos com uma maravilhosa lagoa de água cristalina azul.

 

Mergulhar nas suas águas é inteiramente revitalizante e hipnotizante, tendo em conta a cor é semelhante à pedra de cristal de cianite, em muito extraída também nas zonas mais montanhosas da República Dominicana.

Embora não tenhamos visto mais, ao que parece, esta lagoa não é a única, pois as que por lá existem são cerca de 20, e cincos das quais estão abertas aos visitantes. O mais curioso é que estas eram chamadas de “olhos” pelos índios Taínos que habitavam o local na era pré-colombiana.

   

O Parque Ecológico é privado e está inserido numa reserva, protegida pela Punta Cana Ecological Foundation, uma organização sem fins lucrativos, criada em 1994, pelo Punta Cana Resort e Club, situado a apenas 500 metros de distância e que pertence a um dos empresários mais ricos da República Domicana, detentor também do Aeroporto Internacional de Punta Cana. Com mais de 607 hectares de terra, o parque está sujeito a restritas medidas de conservação, pesquisa científica e recreação. É por isso que apenas são permitidos 20 visitantes diariamente.

Apesar da nossa visita não ter passado por todos os locais de interesse do parque, é importante saber que vivem aqui diferentes espécies de animais, terrestres e voadores, dos quais mais de duas dezenas são endémicas. Existe mesmo um local de proteção de iguanas, criadas em cativeiro para serem reintroduzidas a seu habitat natural pelas equipas de conservação e proteção da espécie.

Quem vista o Parque Ecológico Ojos Indígenas pode aproveitar o dia para fazer mergulho, visitas guiadas a pé, a cavalo ou até de diciclo Segway, passando por plantações de cana-de-açúcar, pomares de fruta, trilhos e praias arenosas.

 

Uma vez terminada a visita, há ainda a possibilidade de fazer uma extensão. Os visitantes poderão ter a oportunidade de fazerem uma viagem de barco pela costa marítima do Punta Cana Resort e Club, observando as bonitas mansões que se encontram junto à praia, algumas das quais de nomes tão sonantes como o cantor espanhol Júlio Iglésias, e terminando da melhor forma. Nada mais, nada menos, que com um mergulho para fazer snorkeling numas idílicas piscinas naturais, onde corais e maravilhosos peixes coloridos serão os nossos únicos companheiros.

Esta excursão intitulada “Wild on Punta Cana”, pela New Blue, tem um custo de 85 dólares por adulto e 65 dólares por criança. Uma manha muito bem passada, perto da grande maioria dos resorts de Punta Cana.

 

Artigos relacionados:

República Dominicana: Ilha Saona, um paraíso dentro do paraíso!

República Dominicana: Ecoturismo permite conhecer o autentico e mais puro

República Dominicana: Hotéis Iberostar Punta Cana deixam qualquer um impressionado

República Dominicana: Complexo Meliá aposta na diferenciação e exclusividade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here