SET satisfeita com a captação de congressos para 2017

SET satisfeita com a captação de congressos para 2017

0

A secretária de Estado do Turismo (SET), Ana Mendes Godinho, anunciou, esta quinta-feira, que apenas este ano “surgiram 1.300 novas empresas de animação turística”, num aumento de 117% em relação a 2015, ano em que foram criadas 600 empresas deste setor.
A SET, que falava na sessão de inauguração do 42° Congresso da APAVT, adiantou ainda que a equipa de angariação de eventos para Portugal, que o Turismo de Portugal criou no início deste ano, já conta com 41 eventos confirmados para 2017 e mostrou-se “muito satisfeita” pelo facto.
Uma das questões levantadas pelo presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, no discurso de abertura do congresso foi o facto de Portugal estar em desvantagem fiscal, por aplicar mais 23% do que outros países europeus na captação de eventos MICE. Ana Mendes Godinho, não partilha a opinião do dirigente associativo e, em declarações aos jornalistas, à margem do evento, afirmou que, “neste momento, não podemos dizer que há uma falta de competitividade de Portugal em relação à captação de congressos. Estamos com uma procura para realização de congressos interessantíssima”. Dado como exemplo os 41 congressos internacionais já captados para o próximo ano.
“Somos um país muito competitivo e atrativo que está a conseguir de facto atrair muitos eventos para Portugal. O nosso trabalho tem de ser, cada vez mais, ir buscar ativamente estes eventos e não ficar à espera que eles apareçam. É isso que tem acontecido e aqui estão os resultados”, evidenciou, adiantando que “temos condições competitivas que todos avaliam transversalmente como positivas: qualidade relação/preço, segurança, clima e hospitalidade”.

Artigos relacionados:

APAVT apela que TAP não discrimine no canal de distribuição

Desvantagem fiscal na captação de eventos MICE preocupa APAVT

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply