Portugal quer mostrar-se aos espanhóis como um “destino de caminhos”

Portugal quer mostrar-se aos espanhóis como um “destino de caminhos”

0

São quase quatro milhões de euros que o Turismo de Portugal tem reservados para a promoção de Portugal em Espanha durante 2017, o que se traduz num aumento de 30% de verba disponível para atrair ainda mais visitantes do nosso país vizinho.

Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo (SET), afirmou, esta quarta-feira, em conferência de imprensa na Fitur – Feira Internacional de Turismo, que se realiza até ao próximo domingo, 22 de janeiro, em Madrid, que Portugal ainda é um destino “muito desconhecido” para os espanhóis e o Governo está empenhado a alterar essa visão já este ano, afirmando o país como um “destino de caminhos”.

O objetivo passa por divulgar todo o tipo de oferta existente em Portugal, na tentativa de combater ainda mais a sazonalidade nos meses de época baixa, que Ana Mendes Godinho diz estar a “diminuir cada vez mais”. A natureza, a cultura, a gastronomia e a espiritualidade são os produtos que Portugal está agora a tentar “vender” em Espanha para captar a atenção de “nuestros hermanos”, que são já o segundo mercado estrangeiro, apenas antecedido do Reino Unido, com um peso de 14% nas dormidas nacionais. Entre janeiro e novembro de 2016 totalizou 3,74 milhões de dormidas e 1,57 milhões de hóspedes, além de ter sido responsável ainda por mais de 1,4 mil milhões de receitas geradas, tendo crescido 10% durante esse período.

Para começar, a governante adianta que irão tentar todo o partido do facto deste ano se celebrar o Centenário das Aparições de Fátima e ainda pela visita do Papa Francisco ao maior santuário português a 13 de Maio deste ano, pela mesma ocasião.

Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, que marcou igualmente presença perante os jornalistas, enalteceu o facto dos espanhóis demonstrarem um “interesse e uma apetência por Portugal maior que nos anos anteriores”, embora considere que este é um mercado que “ainda pode crescer muito mais”.

O responsável mencionou que os espanhóis ainda têm uma maior tendência para se voltarem para o seu outro país vizinho, França, e por isso é necessário criar “pontos de interesse” deste lado para que eles “se virem cada vez mais para Portugal”.

Até ao momento, Lisboa é o destino mais procurado pelos espanhóis, com 31% das preferências, seguindo-se e Algarve e depois o Norte do país.

SEM COMENTÁRIO

Leave a Reply