“Turismo Interno: Turismo de futuro”

0
696

A Turismo do Centro de Portugal assume, anualmente, a responsabilidade de realização daquele que é já considerado o grande fórum nacional de discussão do turismo interno. Por “turismo interno” entende-se o turismo “de” e “para” os portugueses, sendo que, e para a maioria das regiões de turismo nacionais, este assume-se como o seu principal mercado – justificação, mais do que válida, para que este tema assuma o protagonismo devido.

Este fórum tem como principal objetivo trazer para a ribalta a discussão no sector sobre o mercado interno, bem como, o debate e a necessária articulação entre Governo e Instituições Públicas e Privadas. A verdade é que as discussões no setor centravam-se exclusivamente na procura externa; o debate sobre a temática do turismo interno era praticamente inexistente; o conhecimento sobre a matéria demasiado reduzido; e a atividade em geral era francamente limitada.

Importava, pois, desenvolver ações que potenciassem a discussão e a concertação ao redor dos principais temas associados ao turismo interno. Matérias fundamentais como a qualificação da oferta, a engenharia de produto, a captação de investimento, a promoção e a comercialização, entre outras, eram unanimemente apontadas como de discussão incontornável pelos players ligados ao desenvolvimento e promoção do turismo, mas também às entidades com responsabilidade no seu financiamento e organização.

A 3.ª edição do “Vê Portugal” terá lugar no Centro de Congressos & Convento de S. Francisco, em Coimbra, nos dias 29 a 31 maio. Procurar-se-á analisar, mediante convite a uma série de personalidades com know-how e reconhecida experiência, temáticas como turismo de negócios/MICE, a importância do turismo para a economia portuguesa, turismo acessível e inclusivo, potencialidades materiais e imateriais dos territórios, o valor da Informação no turismo, e por fim, e como não poderia deixar de ser, tentar uma abordagem às suas principais “questões clássicas”, tais como, sazonalidade, baixo índice de permanência, e litoralização.

por Pedro Machado – Presidente da ERT Centro de Portugal e presidente da ANT

Leia o artigo completo na Edição de Maio (nº 349) da revista VIAJAR – Disponível online

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here